CNPL pleiteia regulamentação da atividade de cuidadores de pessoas idosas

Emissão de Guias

Clique para gerar a guia.Ir

Cursos e Eventos

 

Acesse nosso portal de eventos.ir

Artigos

 

Acessar artigos IR

Clipping

CNPL na mídiaIR

Smaller Default Larger

CNPL pleiteia regulamentação da atividade de cuidadores de pessoas idosas

A Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL, pleiteia a regulamentação das atividades de cuidadores de pessoas idosas, para que sejam legalmente definidas as atribuições desses profissionais. A Confederação defende que a atuação dos cuidadores seja restrita ao ambiente doméstico. O debate foi abordado durante a Reunião de Diretoria da CNPL, realizada nos dias 31 de janeiro e 1º de fevereiro, em Brasília/DF.

Dessa forma, além de acabar com a informalidade do trabalho, a profissionalização da atividade de cuidar de idosos no Brasil garantirá a segurança jurídica ao profissional com as salvaguardas necessárias a quem deverá receber os cuidados e ainda extinguirá conflitos existentes, referentes à área de atuação em ambiente hospitalar, com os profissionais da enfermagem - enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares de enfermagem.

 Atualmente, o Brasil possui mais de 25 milhões de idosos, dos quais, aproximadamente 30% necessitam de cuidados de terceiros, o que significa que seriam necessários mais de 7 milhões de cuidadores para prestar serviço a esta parcela da população. Segundo perspectiva do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, o Brasil tenha em 2050 uma população de 63 milhões de pessoas com mais de 60 anos, o equivalente a 164 para cada 100 jovens, o que vai aumentar a demanda por esses profissionais.

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou nesta terça-feira, dia 7 de fevereiro, o parecer, pela aprovação, do relator: senador Elmano Férrer (PMDB/PI), do Projeto de Lei da Câmara (PLC) nº 11/2016, de autoria do Deputado Felipe Bornier (PROS-RJ), que cria e regulamenta as profissões de Cuidador de Pessoa Idosa, Cuidador Infantil, Cuidador de Pessoa com Deficiência e Cuidador de Pessoa com Doença Rara e dá outras providências, de autoria da Deputada Federal. O Projeto é oriundo do PL nº 1385/2007 e segue para o Plenário do Senado, para deliberação.

A CNPL explica que exija-se cuidados especializados para cuidar dos idosos em ambiente hospitalar, tendo em vista o risco de contaminação e a fragilização do paciente. Mesmo que em ambiente doméstico, a contratação de cuidadores de pessoas idosas geralmente é informal e não é amparada por lei nenhuma.

Assim como acontece com os profissionais na área de enfermagem, a proposta é que seja exigido dos cuidadores de idosos qualificação específica. Os profissionais da área de enfermagem possui conhecimento científico, além de noções em anatomia e fisiologia, de sociologia, linguística, pesquisa, entre outras.

A Confederação almeja que a os profissionais na área de enfermagem não tenham suas atribuições invadidas por profissionais sem a devida qualificação e também está preocupada com a saúde tanto dos pacientes que recebem atendimento dos cuidadores quanto dos próprios cuidadores de idosos que estão expostos no ambiente hospitalar.

Pin It
porno
sohbet hatti

Acesso Rápido

sohbet numaralar
porno video

CNPL nas Redes Sociais

canli porno - sex - pornolar