Dia Internacional da Mulher: CNPL ressalta importância da unidade e luta pela igualdade de direitos

Emissão de Guias

Clique para gerar a guia.Ir

Cursos e Eventos

 

Acesse nosso portal de eventos.ir

Artigos

 

Acessar artigos IR

Clipping

CNPL na mídiaIR

Smaller Default Larger

Dia Internacional da Mulher: CNPL ressalta importância da unidade e luta pela igualdade de direitos

Neste 8 de março - Dia Internacional da Mulher - a Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL, reforça o compromisso de luta na busca por um futuro com mais igualdade de direitos para as mulheres. Seguindo a linha de trabalho inclusivo aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), a CNPL também integra a reivindicação da ONU Mulheres nesta data, com o tema “o tempo é agora: ativistas rurais e urbanas transformam a vida das mulheres”.

Neste ano, o Dia Internacional da Mulher acontece em meio a um movimento global sem precedentes por direitos, igualdade e justiça. Assédio sexual, violência e discriminação contra as mulheres capturaram as atenções e o discurso público, com crescente determinação em favor da mudança. O 8 de março une as ativistas de todo o mundo e a ONU Mulheres para aproveitar a oportunidade, celebrar os avanços, tomar medidas e transformar a vida das mulheres em todo o mundo.


Nesse sentido, o trabalho da CNPL de redução da desigualdade social no Brasil e em prol do bem-estar e da dignidade da população fortalece ainda mais, neste 8 de março, a oportunidade para transformar esse impulso em medidas concretas de empoderamento de mulheres de todos os ambientes — rural e urbano — e de reconhecer as ativistas que trabalham sem descanso para reivindicar direitos e desenvolvimento pleno.

Segundo a ONU Mulheres, para materializar a promessa dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável de não deixar ninguém para trás, é preciso atuar com urgência nas áreas rurais para garantir um nível de vida adequado, uma vida sem violência ou práticas nocivas para as mulheres rurais, assim como o seu acesso à terra e aos bens produtivos, à segurança alimentar e à nutrição, ao trabalho decente, à educação e à saúde, incluindo a saúde sexual e reprodutiva e seus direitos conexos.

Além disso, as mulheres rurais e suas organizações representam um potencial enorme e, atualmente, estão se mobilizando para reclamar os seus direitos e melhorar seus meios de vida e bem-estar. Utilizam métodos agrícolas inovadores, criam negócios exitosos e adquirem novas habilidades, lutam por direitos legais e se apresentam como candidatas políticas.

Além do Brasil, pessoas do mundo todo estão se mobilizando por um futuro mais igualitário, por meio de protestos e campanhas globais. Entre elas, está o movimento #MeToo, nos Estados Unidos, que teve reflexos em outros países — com #EuTambém, no México, Espanha e América Latina; #QuellaVoltaChe, na Itália; #BalanceTonPorc, na França; e #Ana_kaman, nos Estados Árabes; “Ni Una Menos”, na Argentina. Outras iniciativas que abordaram temas que vão desde a questão da igualdade salarial até a representação política das mulheres.

A Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL, aproveita a oportunidade para homenagear todas as mulheres - mães, trabalhadoras e guerreiras -, que fazem parte desta trajetória de luta e transformação social pela igualdade de direitos. Feliz Dia Internacional da Mulher.

(Com informações da ONU Brasil)

Pin It
porno
sohbet hatti

Acesso Rápido

sohbet numaralar
porno video

CNPL nas Redes Sociais

canli porno - sex - pornolar