Dia Internacional da Mulher: CNPL ressalta importância da unidade e luta pela igualdade de direitos

Emissão de Guias

Clique para gerar a guia.Ir

Cursos e Eventos

 

Acesse nosso portal de eventos.ir

Artigos

 

Acessar artigos IR

Clipping

CNPL na mídiaIR

Smaller Default Larger

Dia Internacional da Mulher: CNPL ressalta importância da unidade e luta pela igualdade de direitos

Neste 8 de março - Dia Internacional da Mulher - a Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL, reforça o compromisso de luta na busca por um futuro com mais igualdade de direitos para as mulheres. Seguindo a linha de trabalho inclusivo aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), a CNPL também integra a reivindicação da ONU Mulheres nesta data, com o tema “o tempo é agora: ativistas rurais e urbanas transformam a vida das mulheres”.

Neste ano, o Dia Internacional da Mulher acontece em meio a um movimento global sem precedentes por direitos, igualdade e justiça. Assédio sexual, violência e discriminação contra as mulheres capturaram as atenções e o discurso público, com crescente determinação em favor da mudança. O 8 de março une as ativistas de todo o mundo e a ONU Mulheres para aproveitar a oportunidade, celebrar os avanços, tomar medidas e transformar a vida das mulheres em todo o mundo.


Nesse sentido, o trabalho da CNPL de redução da desigualdade social no Brasil e em prol do bem-estar e da dignidade da população fortalece ainda mais, neste 8 de março, a oportunidade para transformar esse impulso em medidas concretas de empoderamento de mulheres de todos os ambientes — rural e urbano — e de reconhecer as ativistas que trabalham sem descanso para reivindicar direitos e desenvolvimento pleno.

Segundo a ONU Mulheres, para materializar a promessa dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável de não deixar ninguém para trás, é preciso atuar com urgência nas áreas rurais para garantir um nível de vida adequado, uma vida sem violência ou práticas nocivas para as mulheres rurais, assim como o seu acesso à terra e aos bens produtivos, à segurança alimentar e à nutrição, ao trabalho decente, à educação e à saúde, incluindo a saúde sexual e reprodutiva e seus direitos conexos.

Além disso, as mulheres rurais e suas organizações representam um potencial enorme e, atualmente, estão se mobilizando para reclamar os seus direitos e melhorar seus meios de vida e bem-estar. Utilizam métodos agrícolas inovadores, criam negócios exitosos e adquirem novas habilidades, lutam por direitos legais e se apresentam como candidatas políticas.

Além do Brasil, pessoas do mundo todo estão se mobilizando por um futuro mais igualitário, por meio de protestos e campanhas globais. Entre elas, está o movimento #MeToo, nos Estados Unidos, que teve reflexos em outros países — com #EuTambém, no México, Espanha e América Latina; #QuellaVoltaChe, na Itália; #BalanceTonPorc, na França; e #Ana_kaman, nos Estados Árabes; “Ni Una Menos”, na Argentina. Outras iniciativas que abordaram temas que vão desde a questão da igualdade salarial até a representação política das mulheres.

A Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL, aproveita a oportunidade para homenagear todas as mulheres - mães, trabalhadoras e guerreiras -, que fazem parte desta trajetória de luta e transformação social pela igualdade de direitos. Feliz Dia Internacional da Mulher.

(Com informações da ONU Brasil)

Pin It
porno - sohbet numaralar canlı porno - sex - sohbet hatları - pornolar - porno video
sohbet telefonları

Acesso Rápido

CNPL nas Redes Sociais