Eleições 2018 – Conheça o calendário eleitoral dos próximos três meses

Emissão de Guias

Clique para gerar a guia.Ir

Cursos e Eventos

 

Acesse nosso portal de eventos.ir

Artigos

 

Acessar artigos IR

Clipping

CNPL na mídiaIR

Smaller Default Larger

Eleições 2018 – Conheça o calendário eleitoral dos próximos três meses

A Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL, destaca na Campanha “Voto Consciente – Votar para Mudar” as principais atividades, dos próximos três meses, que integram o calendário das eleições gerais de 2018. Neste mês de abril, iniciam as etapas do processo eleitoral, conforme estabelecem as resoluções do Tribunal Superior Eleitoral – TSE.

O calendário eleitoral 2018, divulgado por meio da Resolução n° 23.555, de 18 de dezembro de 2017, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e a nº 23.551, de 18/12/2017, também do TSE, que dispõe sobre propaganda eleitoral e horário eleitoral gratuito, estabelece que o 1º turno será realizado em 7 de outubro de 2018 (primeiro domingo do mês) e o segundo turno em 28 de outubro de 2018 (último domingo do mês).

As resoluções detalham todos os prazos como o de início e término da propaganda partidária gratuita no rádio e televisão; da transferência de domicílio eleitoral; da realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e escolha dos candidatos a presidente da República, governador, deputado federal e estadual até a posse dos eleitos.

Os dados do calendário eleitoral são de origem da cartilha “Eleições Gerais 2018 – Orientação a Candidatos e Eleitores”, do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar - Diap.

1º de abril a 30 de julho - campanha institucional de incentivo à participação na política
Período de propaganda institucional, de até cinco minutos diários no rádio e na TV, destinada a incentivar a participação feminina, dos jovens e da comunidade negra na política.

7 de abril - sábado (6 meses antes) - filiação, domicílio e renúncia/ desincompatibilização
Data até a qual os que pretendam ser candidatos nas eleições de 2018 devem: a) estar filiados a um partido político; b) ter domicílio eleitoral na circunscrição do pleito; c) ter se desincompatibilizado, os detentores de cargos de livre provimento de ministro e secretário estadual ou municipal; e d) nos casos do presidente da República, dos governadores de Estado e do Distrito Federal e dos prefeitos que pretendam concorrer a outro cargo, ter renunciado ao mandato; e d) desincompatibilização.

10 de abril - terça-feira (180 dias antes) - revisão geral de remuneração
Data a partir da qual fica proibido aos agentes públicos fazer, na circunscrição do pleito, revisão geral de remuneração que exceda à inflação do período.

9 de maio de 2018 - quarta-feira (151 dias antes) - alistamento e transferência de eleitor
Último dia para requerer inscrição eleitoral, alterar dados cadastrais ou transferir seu domicílio eleitoral.

15 de maio - terça-feira - faculta arrecadação ou financiamento coletivo via internet
Data a partir da qual é facultada aos pré-candidatos a arrecadação prévia de recursos na modalidade de financiamento coletivo (crowdfunding), ficando a liberação de recursos por parte das entidades arrecadadoras condicionada ao registro da candidatura.

06 de junho - quarta-feira (4 meses antes) - desincompatibilização do dirigente sindical
Prazo final para licença de dirigente sindical que pretenda concorrer ao pleito.

18 de junho - segunda-feira - divulgação do montante do fundo eleitoral
Data em que o Tribunal Superior Eleitoral divulgará o montante de recursos disponíveis no Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC).

30 de junho - sábado - vedação a comunicador/apresentador de rádio e TV
Data a partir da qual é vedado às emissoras de rádio e de TV transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato.


Fonte: Cartilha ‘Eleições Gerais 2018 – Orientação a Candidatos e Eleitores’ do Diap

 

Pin It
porno
sohbet hatti
sohbet numaralar
porno video

CNPL nas Redes Sociais

bedava film izle - hd mac izle