Voto Consciente – Votar para Mudar

Emissão de Guias

Clique para gerar a guia.Ir

Cursos e Eventos

 

Acesse nosso portal de eventos.ir

Artigos

 

Acessar artigos IR

Clipping

CNPL na mídiaIR

Smaller Default Larger

Voto Consciente – Votar para Mudar

A Confederação Nacional das Profissões Liberais (CNPL) segue em pleno vapor com a campanha “Voto Consciente – Votar para Mudar”. Nesta edição, a campanha reitera a necessidade de o eleitor conhecer o histórico dos candidatos para que se tenha plena autonomia no exercício da cidadania, por meio do voto consciente. Os recentes episódios de corrupção eleitoral nos planos federal e estadual reforçam essa convicção do voto como forte instrumento de transformação do Brasil.

A cartilha “Eleições Gerais 2018 – Orientação a Candidatos e Eleitores” do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), reforça a bandeira central da campanha da CNPL, de que nesta eleição, assim como deveria ter sido nas anteriores, o exercício da cidadania, mediante o voto, deve sempre acontecer de forma consciente. Os candidatos devem merecer o apoio e voto por seus compromissos de campanha, inclusive os que já detêm mandato, por suas gestões, atitudes, comportamentos e votos no exercício das funções públicas. Atributos físicos, boa oratória ou distribuição de favores, bens ou dinheiro não podem, nem devem orientar o voto consciente.

Antes do ato de votar, que consiste em entregar a outras pessoas o direito de decidir, o eleitor precisa: a) saber se o candidato é honesto; b) conhecer a história dele, candidato; c) examinar seu programa de governo ou plataforma de campanha; d) saber o que ele pensa e o que pretende fazer depois de eleito; e e) procurar saber quem são seus doadores de campanha.

O voto deve ser livre, soberano e independente e recair sobre pessoas que os eleitores consideram capacitadas técnica, ética, política e moralmente para representá-los, tanto no Congresso Nacional (Câmara e Senado) e nas Assembleias Legislativas – onde terão a missão de fazer leis, fiscalizara aplicação do dinheiro dos impostos e formular políticas públicas – quantono Poder Executivo (Presidência da República ou nos Governos Estaduais), administrando o orçamento em favor da população.

Para ajudar na busca de informações qualificadas sobre os candidatos, recomenda-se o acesso aos seguintes sites (portais) na internet:

- Tribunal Superior Eleitoral
- Portal Câmara dos Deputados
- Senado Federal
- Transparência Brasil
- Contas Abertas 
- Blog de política
- Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral
- Congresso em Foco
- Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP)12
- Voto Consciente
- Instituto Políticas Alternativas para o Cone Sul (PACS) 
- Centro Feminista de Estudo e Assessoria (CFEMEA)

O TSE também disponibiliza aplicativos para smartphones com os dados dos candidatos. Aplicativo “candidaturas”.

Candidaturas - Permite que o eleitor acompanhe o seu candidato e acesse informações como nome, número, situação do registro de candidatura, cargo, partido, coligação e o link para o site do candidato. O dispositivo também exibe os dados da prestação de contas dos políticos.

IOS https

Android 

Fonte: Cartilha ‘Eleições Gerais 2018 – Orientação a Candidatos e Eleitores’ do Diap

 

Pin It
porno
sohbet hatti

Acesso Rápido

sohbet numaralar
porno video

CNPL nas Redes Sociais

canli porno - sex - pornolar