Generic selectors
Somente termos específicos
Buscar em títulos
Buscar em conteúdo
Buscar em posts
Buscar em páginas

30 de junho: CNPL convoca trabalhadores para greve geral contra as Reformas Trabalhista e Previdenciária

Siga e curta a CNPL nas Redes Soiais :)

Facebook
Facebook
Twitter
Instagram

Outras notícias

...

OIT mantém Brasil em lista de países monitorados e pede dados sobre reforma trabalhista

Peritos pediram que governo mantenha diálogos com entidades e apresente números. Associação que reúne juízes brasileiros diz que reforma reduziu…

OIT reconhece a precarização nas relações de trabalho no Brasil

Desde o dia 10 de junho ocorre a 108ª Conferência da Organização Internacional do Trabalho, em Genebra (Suíça). Na manhã…

OIT inclui Brasil na lista de países suspeitos de violar direitos trabalhistas

A previsão de as negociações valerem mais que a legislação, os obstáculos para desconto em folha das contribuições sindicais e…

Justiça: Brasil entra na “Lista Suja” da OIT e governo terá que se explicar na Comissão de Normas da Organização Internacional do Trabalho

A comissão de normas da OIT manteve o Brasil na lista de 24 países que mais violam convenções internacionais do…

A Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL, convoca os trabalhadores de todo o país para participarem, nesta sexta-feira, dia 30 de junho, da greve geral em protesto contra o desmonte da legislação trabalhista (PLC 38/17), a extinção dos direitos previdenciários (PEC 287/2016) e em prol das Diretas Já. O ato nacional foi convocado pelas Centrais Sindicais e conta com apoio das Confederações, Federações e Sindicatos para suspenderem as atividades nos estados.
A CNPL orienta as entidades sindicais da base filiada para que reforcem a importância da greve geral junto às diversas categorias de profissionais liberais nos estados. Para a Confederação, a greve geral é mais uma oportunidade dos trabalhadores demonstrarem sua insatisfação frente ao massacre estabelecido pelo governo Temer (PMDB), considerando a celeridade na tramitação da Reforma Trabalhista na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado.

Aliada à greve nacional, a Confederação também reforça a necessidade de intensificar o diálogo junto aos parlamentares nos estados para destacar as inúmeras precarizações que serão geradas às relações de trabalho caso a Reforma Trabalhista seja aprovada, bem como a desproteção social contida na Reforma Previdenciária. A proposta é que todos os trabalhadores procurem seus parlamentares, seja por meio de endereço eletrônico (e-mail), presencialmente nos gabinetes ou por telefone, para conscientização acerca do momento histórico em que o país presencia que pode caminhar para o retrocesso social com a desproteção do trabalhador ou para a preservação de direitos conquistados a duras penas.

30 DE JUNHO É GREVE GERAL EM PROTESTO CONTRA ÀS REFORMAS TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA!

 

 

]]>

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial