Generic selectors
Somente termos específicos
Buscar em títulos
Buscar em conteúdo
Buscar em posts
Buscar em páginas

CNPL participa do I Fórum sobre as habilidades Biomédicas frente às demandas da saúde diagnóstica no Piauí

Outras notícias

...

Realizada a eleição da nova diretoria da CNPL

A eleição para a gestão da Confederação Nacional das Profissões Liberais para o quadriênio 2021/2024, foi realizada na última semana…

Cartilha “Bem estar animal – respeito e responsabilidades”

O médico veterinário e Presidente do SIMVERJ Claudio Sergio Pimentel Bastos lançou a cartilha “Bem estar animal - respeito e…

18 de outubro: Dia do Médico

A Escola de Cirurgia da Bahia foi a primeira escola de ensino superior de medicina no Brasil. Criada na época…

Dia nacional do fisioterapeuta e do terapeuta ocupacional

No dia 13 de outubro comemora-se o dia nacional do fisioterapeuta e do terapeuta ocupacional. Em 2015, por meio da…

A Confederação Nacional das Profissões Liberais (CNPL) participou, no dia 14 de outubro, do I Fórum sobre as habilidades Biomédicas frente às demandas da saúde diagnóstica no Piauí e da II Reunião do Sindicato dos Biomédicos do Estado do Piauí (SINDBIESP). O evento realizado pelo Centro Acadêmico de Biomedicina do UNINOVAFAPI contou com a participação de mais de 200 estudantes e profissionais biomédicos brasileiros. A CNPL esteve representada pelo presidente Carlos Alberto Schmitt de Azevedo, pelo vice-presidente José Ribeiro dos Santos Júnior e pela presidente da Federação Nacional Dos Profissionais da Química, Sandra Maria de Souza.

Na ocasião, o presidente da CNPL ministrou a palestra “Estrutura Sindical das Profissões Liberais” em que apresentou o atual modelo sindical constitucional, conforme prevê o Artigo 8º da Constituição Federal, no âmbito da liberdade e unicidade sindical, contribuição sindical obrigatória, direito à livre filiação e a organização sindical por categoria – econômica, profissional e profissional diferenciada -, para fortalecer o trabalho sindical dos biomédicos. “O I Fórum foi uma oportunidade ímpar para esclarecer essa organização sindical aos acadêmicos de biomedicina, que representam a nova geração de profissionais nessa área e buscam ampliação do mercado de trabalho. Destacamos o papel do sindicato, como guarda-chuva, na proteção da categoria e a posicionamento da CNPL em diversas frentes de articulação para o aprimoramento da legislação dos profissionais liberais”, ressaltou.

 

Carlos Alberto Schmitt de Azevedo também apresentou a estrutura sindical brasileira, composta por 35 confederações, 421 federações e 11.221 sindicatos em todo o território nacional, com destaque para o papel da Confederação Nacional das Profissões Liberais (CNPL), legalmente reconhecida por meio do Decreto n. 35.575/1954, como entidade sindical de grau superior, coordenadora dos interesses das profissões liberais no Brasil. Para a CNPL, o evento foi extremamente importante para debater não somente as demanda da saúde dos biomédicos, mas também sobre a organização sindical dos profissionais liberais no estado. A CNPL também contribuiu na organização da Federação da categoria dos Biomédicos no Piauí, tendo em vista que o profissional liberal é considerado categoria diferenciada de trabalhador, que pode contar, ainda, com atribuições fiscalizatórias ou regulamentares da atividade laborativa.

A Negociação Coletiva foi outro ponto abordado pelo Presidente da CNPL na palestra durante o I Fórum. De acordo com a Lei nº 7.316/1985, atribui-se às entidades sindicais que integram a CNPL, o mesmo poder de representação dos sindicatos representativos das categorias profissionais diferenciadas. Programação O presidente do SINDBIESP, Luiz Guedes, apresentou a palestra “As demandas da saúde diagnósticas em São Paulo disponíveis ao Biomédico”. Já o diretor Social do SINDBIESP, especialista Biomédico, Rodrigo Mendes de Carvalho, ministrou a palestra sobre “A atual Regulação do profissional Biomédico no Piauí”. Por fim, foi aberto um espaço para perguntas e respostas do público participante. O evento também oportunizou o diálogo aproximado de entidades coirmãs para definição de parcerias, entre o SINDBIESP, CNPL, SINDBIOMÉDICOS-DF e UNINOVAFAPI para novos encontros, em temas pertinentes ao Biomédico. O deputado estadual do Piauí, Georgiano Neto, reforçou o compromisso no apoio disponibilizado para recebimentos de benefícios dos Títulos da Entidade e a articulação com Brasília/DF e São Paulo para incluir biomédico nos concursos das forças armadas. Além da confirmação de agenda com o prefeito de Teresina para criar a carreira do Biomédico no município de Teresina.

]]>