Generic selectors
Somente termos específicos
Buscar em títulos
Buscar em conteúdo
Buscar em posts
Buscar em páginas

Coordenador do FST apresenta cartilha digital do PL 5.552/19

Siga e curta a CNPL nas Redes Soiais :)

Facebook
Facebook
Twitter
Instagram

Outras notícias

...

CNPL participa de XI Congresso Nacional Sindical dos Enfermeiros (Conse)

Nos dias 5 e 6 de novembro, representantes da CNPL participaram dos trabalhos realizados na décima primeira edição do Conse,…

Desemprego fica em 11,8% em setembro e atinge 12,5 milhões, diz IBGE

Emprego sem carteira assinada e trabalho por conta própria seguem em patamar recorde. Desemprego segue persistente, e as vagas criadas…

Senado promove sessão especial para o Dia do Dentista Brasileiro

Na última semana, o presidente da CNPL Carlos Alberto Schmitt de Azevedo representou a presidente da Federação Nacional dos Odontologistas…

Reforma da Previdência: entenda a proposta aprovada, ponto a ponto

Texto cria idade mínima para aposentadoria, muda o cálculo do benefício e traz regras de transição para quem já está…

Apresentação aconteceu em debate sobre a Reforma da Estrutura Sindical na CONTEC

O coordenador nacional do Fórum Sindical dos Trabalhadores (FST) e presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Educação e Cultura (CNTEEC), Professor Oswaldo Augusto de Barros, participou nesta quarta-feira (30) do debate sobre a “Reforma da Estrutura Sindical”, na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito (CONTEC).

Na ocasião, o coordenador falou sobre o Projeto de Lei 5.552/19, articulado pelo Fórum e subscrito pelo deputado federal Lincoln Portela (PL-MG), e apresentou a cartilha digital do PL. Em síntese, o projeto mantém o regime da unicidade e molda-se, com exatidão, às normas constantes do artigo referentes à liberdade e à autonomia. Sendo uma proposta com possibilidades concretas de uma regulamentação que possibilitará mais autonomia ao movimento sindical.

Segundo o Professor Oswaldo, o momento é mobilização e de aliança em favor do PL. “O espírito agora é de defesa daquilo que acreditamos. Precisamos nos unir contra o pluralismo, fortalecer o sistema confederativo e construir um custeio que seja para todos. Precisamos desenvolver uma consciência de sobrevivência que valorize o nosso pilar sindical ( unicidade; representação por categoria; fortalecimento do sistema confederativo; autonomia e soberania plena e irrestrita das assembleias gerais e o custeio). Que sejamos parceiros na divulgação do PL nas nossas bases, junto aos parlamentares e onde mais pudermos”, disse.
“O nosso projeto tem o intuito de garantir, de forma justa, que as entidades sindicais continuem a desempenhar seu importante papel social, para que possamos ter relações trabalhistas e não de escravidão no futuro” enfatizou o coordenador do FST.

APOIE O PL 5.552/19
Quer saber mais do nosso projeto? Acompanhe as nossas redes sociais.

FST EM DEFESA DA UNICIDADE SINDICAL, DO SISTEMA CONFEDERATIVO, DO EMPREGO E DOS DIREITOS TRABALHISTAS.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial