Generic selectors
Somente termos específicos
Buscar em títulos
Buscar em conteúdo
Buscar em posts
Buscar em páginas

CSI promove campanha mundial para enfrentamento das consequências econômicas do Covid-19

Outras notícias

...

Mulheres trabalhadoras e o Covid-19

A CSA, junto com seu Comitê de Mulheres Trabalhadoras das Américas (MTA), elaborou um documento trazendo à luz os diversos…

NOTA DE REPÚDIO

A FENAMEV e seus Sindicatos filiados repudiam veementemente o comportamento desrespeitoso de diversas personalidades políticas, profissionais da saúde e sites…

Receita digital é válida enquanto durar a pandemia

Foi publicado no Diário Oficial da União na última quinta-feira (20), a promulgação de dois dispositivos relacionados à autorização da…

É sancionada lei que cria linha de crédito aos profissionais liberais

O Projeto de Lei do Senado que cria linha de crédito especial para os profissionais liberais foi sancionado, com vetos,…

A pandemia causada pelo novo coronavírus gerou uma crise social e econômica que colocou sob holofotes os problemas do atual modelo econômico mundial. Com essa premissa, a Confederação Sindical Internacional (ITUC-CSI) está promovendo a campanha #Timefor8.

A proposta é usar metas relacionadas aos direitos trabalhistas, trabalho decente, proteção e inclusão sociais para estabelecer um novo contrato social entre governantes, empresas e trabalhadores, para reconstruir a economia e gerar novos empregos. Para a CSI, a campanha demonstra que os sindicatos estão lutando para que esses pontos a favor dos trabalhadores façam parte dos planos de recuperação da economia dos países.

Conheça os 8 pontos defendidos pela campanha #Timefor8.

  1. Colocar a saúde dos trabalhadores em primeiro lugar significa espaços de trabalho e folgas remuneradas.
  2. Garantir auxílio financeiro e acesso a saúde para todos os trabalhadores, por meio de proteção social universal.
  3. Não deixar de lado nenhum trabalhador informal no combate em resposta a pandemia do Covid-19.
  4. Para combater a pandemia de Covid-19 e promover a recuperação é preciso investir em proteção social e segurança sanitária.
  5. Dar respaldo à economia real, ao emprego e às micro, pequenas e médias empresas.
  6. Para acabar com a ganância corporativo é preciso que as multinacionais cumpram com o zelo devido em relação a proteção dos trabalhadores de toda a cadeia produtiva.
  7. Garantir uma justa transição para alcançar os objetivos das ações climáticas.
  8. Dar respaldo ao diálogo social e a um novo contrato social para reconstruir nossas sociedades.