Dez anos de promoção do trabalho decente no Brasil

Smaller Default Larger

Dez anos de promoção do trabalho decente no Brasil

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) celebrou, em evento realizado no plenário da OPAS os últimos dez anos de parceria com o Brasil pela promoção de condições dignas de trabalho. De acordo com a diretora do escritório da OIT, Laís Abramo, os avanços sobre o tema foram muitos, passando pela redução do desemprego e por maior combate ao trabalho escravo e ao trabalho infantil.

“Foram avanços muito grandes na prevenção e erradicação do trabalho infantil e do trabalho em condições análogas às de escravidão, que são formas totalmente inaceitáveis de trabalho. O Brasil hoje é referência internacional em relação a esses temas”, disse Laís.

 

O evento reuniu, dentre outras autoridades, os ministros do Trabalho, Manoel Dias; do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello; da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci; e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade, Nilma Lino Gomes, embaixadores, representantes da Justiça e do Ministério Público do Trabalho, representantes patronais e do movimento sindical dos trabalhadores.

O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, lembrou que a OIT reúne, em um mesmo espaço de diálogo, empregadores e trabalhadores. “A OIT é o único órgão do mundo que consegue reunir empregadores e trabalhadores, e consegue avançar, fazer com que os governos homologuem as resoluções”, disse Dias. “Trabalho decente é um dos discursos mais importantes do Brasil. E nós queremos fazer dele um discurso de Estado”, completou.

Os últimos dez anos foram lembrados por marcar a passagem de Laís Abramo pela entidade. Ela deixará a OIT para assumir a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe. "A Laís nos ajudou a construir os [novos] desafios que temos agora pela frente, que são a qualificação profissional e a melhoria da qualidade de emprego", salientou o ministro do Trabalho.

Em mensagem à diretora do Escritório da OIT de partida, Laís Abramo, o presidente da Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL, Carlos Alberto Schmitt de Azevedo, deixou mensagem de congratulações e o profundo reconhecimento das profissões liberais brasileiras ao incansável empenho em prol da promoção e disseminação do trabalho decente e pela melhoria nas relações e trabalho e emprego no País.

Assessoria de Imprensa CNPL com Agência Brasil

Pin It
porno - sohbet numaralar canlı porno - sex - sohbet hatları - pornolar - porno video
sohbet telefonları

Acesso Rápido

CNPL nas Redes Sociais